CLIMAPÉDIA

Lista de recordes climáticos


Esta é uma lista de eventos climáticos recordes. Cada um destes recordes foram oficialmente medido por instrumentos meteorológicos dentro dos padrões da Organização Meteorológica Mundial (OMM).


TEMPERATURA
Temperaturas mais altas já registradas

Brasil
Bom Jesus, Piauí
44,7 °C (112,4 °F) - 21 de novembro de 2005

Mundo
Vale da Morte, Califórnia, Estados Unidos
56,7 °C (134 °F) - 10 de julho de 1913


TEMPERATURA
Temperaturas mais baixas já registradas

Brasil
Caçador, Santa Catarina
−14 °C (6,8 °F) - 11 de junho de 1952

Mundo
Estação Vostok, estação de pesquisas russa localizada no interior da Antártida
−89,2 °C (−128,6 °F) - 21 de julho de 1983


CHUVA
Recordes de precipitação pluviométrica

Brasil
Itapanhaú, São Paulo
24 horas - 622,5 mm - 20 de junho de 1947

Calçoene, Amapá
Com uma precipitação média anual de 4.165 milímetros, é a cidade mais chuvosa do Brasil.

Mundo
Holt, Missouri, Estados Unidos
1 hora: 305 mm; (em 42 minutos) - 22 de junho de 1947.

Foc-Foc, Ilha Reunião (a leste de Madagascar)
24 horas: 1.825 mm; - entre 7 e 8 de janeiro de 1966. (durante o ciclone tropical Denise).

Cherapunjee, Índia
1 ano: 26.470 mm; - 1860 — 1861.


CHUVA
Menor índice pluviométrico

Brasil
Cabaceiras, Paraíba
Precipitação média: 180 mm por ano.

Mundo
Arica, Chile
Precipitação média: 0,761 mm por ano.

Arica é a cidade mais seca do planeta, embora não exatamente o lugar mais seco. É uma cidade portuária e, apesar da falta de qualquer coisa molhada caindo do céu, Arica tem um alto nível de umidade e uma cobertura de nuvens. Enquanto o ar está úmido, a mesma umidade não chega a tocar o chão. O deserto do Atacama é uma sombra da chuva, que espreme a umidade sobre as montanhas e carrega apenas o ar seco do deserto.

Lugar mais seco do mundo
O deserto do Atacama situa-se no norte do Chile. Este deserto está delimitado a oeste pelo Oceano Pacífico e a leste pela Cordilheira dos Andes.

De acordo com os especialistas em clima, o deserto de Atacama é o mais árido e seco do mundo. Na região central do deserto, por exemplo, existem regiões que ficam até 4000 anos sem chuvas.

O deserto é extremamente árido, pois a cordilheira dos Andes atua como uma barreira, impedindo a entrada de umidade que vem do Oceano Atlântico e da região Floresta Amazônica.


ESTIAGEM
Maior estiagem (seca) no Brasil

Região nordeste - 2012 / 2013 / 2014 / 2015 / 2016 / 2017 (6 anos).

Nordeste brasileiro enfrenta a maior seca de sua história.

A série histórica 2012 / 2013 / 2014 / 2015 / 2016 / 2017; já é conhecida como maior seca de todos os tempos na região do nordeste brasileiro. Em algumas regiões a seca foi amenizada devido algumas chuvas isoladas, mas na maior parte da região os grandes reservatórios estão no volume morto.

Há áreas da região que desde 2010, está com chuvas abaixo da média.


NEVE
Precipitação de cristais de gelo

Brasil
Vacaria, Rio Grande do Sul
2 metros - 7 de agosto de 1879

A mais forte precipitação de neve já registrada no Brasil ocorreu na cidade de Vacaria no Rio Grande do Sul, no dia 7 de agosto de 1879, na qual a neve acumulou cerca de dois metros.

Mundo
Monte Rainier, Washington, Estados Unidos
1 ano: 31,1 metros; - 19 de fevereiro de 1971 a 19 de fevereiro de 1972.


VENTOS
Recordes de velocidade do vento

Recorde de velocidade do vento (Rajada de vento)
Cidade de Oklahoma, Oklahoma, Estados Unidos
484 km/h, numa rajada de 3 segundos; observada por um radar Doppler, durante a passagem de um tornado próximo à Cidade de Oklahoma - 3 de maio de 1999.

Recorde de velocidade do vento (furacão / ciclone / tufão)
Cidade de Tacloban e nas ilhas Samar e Leyte, Filipinas
Tufão Haiyan - 7 de novembro de 2013 (pico)

Conhecido também como supertufão Haiyan é um poderoso ciclone tropical que chegou a atingir velocidades máximas de ventos de 315 quilômetros por hora, sendo considerado o ciclone mais forte já registrado na história.

O tufão causou destruição generalizada nas Filipinas, em particular na cidade de Tacloban e nas ilhas Samar e Leyte, onde milhares de pessoas perderam a vida.


TORNADO
Recordes de velocidade do vento

Brasil
(Tornado no Brasil - Maior velocidade)
Itu, São Paulo
Tornado F4 - Em 30 de setembro de 1991

Tornado com categoria F4 (330-420 km/h) atingiu o município de Itu, São Paulo, causando 16 mortes e 200 feridos. Cerca de 450 mil pessoas ficaram sem luz e telefone.

(Tornado no Brasil - Maior nº de mortes)
Canoinhas, Santa Catarina
Tornado F3 - 16 de maio de 1948

Tornado com categoria F3 (250-330 km/h) atingiu a cidade de Canoinhas em Santa Catarina. Cerca de 23 pessoas morreram.

Chuva de animais
Um fenômeno natural associado à formação de tornados é a chuva de animais. Na chuva de animais é comum encontrar peixes, rãs, sapos e pássaros que caem como chuva. Tal fenômeno pode ser explicado através de um tornado na forma de tromba d'água, sugando pequenos animais (peixes, rãs e sapos) para o interior da tempestade de ventos ascendentes, ocasionando a posterior precipitação dos mesmos em regiões próximas. Relatos indicam que em 14 de fevereiro de 2007 ocorreu uma chuva de peixes em Paracatu, cidade do interior de Minas Gerais.

Mundo
Oklahoma City, Estados Unidos
El Reno - 31 de maio de 2013

O tornado que matou 24 pessoas, feriu cerca de 240 e deixou um rasto de destruição nos arredores de Oklahoma City, Estados Unidos, foi um EF-5, nível de maior destruição na escala que classifica a intensidade da destruição destes fenômenos.

O tornado de Oklahoma foi o mais extenso já registrado. Com um diâmetro de 4,2 quilômetros e passou por mais de 26 km, com ventos de até 475 km/h.


SAIBA MAIS
Qual a diferença entre furacão, ciclone, e tufão?
O furacão é igual ao tufão, a diferença é a localização geográfica. Quando ocorre no Oceano Atlântico ou Pacífico Leste, chama-se furacão. No Pacífico Oeste, tufão. E os dois fenômenos são classificados como ciclones , ambos com baixa pressão e ventos girando em torno de seus centros. Mas os ciclones não se restringem ao furacão e ao tufão. “Existem também os ciclones extratropicais, como aqueles que atingem o litoral sul do Brasil.

E o tornado?
O tornado também é uma coluna de ar giratória, que se desloca em uma determinada velocidade em volta de um centro de baixa tensão. Contudo, seu tamanho e sua duração são menores em comparação com os furacões. “Enquanto o furacão e tufão é um aglomerado de centenas de tempestades que pode durar vários dias e apresentar um diâmetro de várias centenas de quilômetros, os tornados formam-se a partir da base de uma tempestade e têm diâmetro que raramente ultrapassa os 2 km e duração tipicamente menor que 10, 15 minutos”.

Fonte: INMET / Wikipédia / Serviço Meteorológico Nacional americano / hypescience
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Climapédia - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Imagem

Camada de Ozônio

Imagem

Tipos de nuvens